Projecto Social juvenil

Introdução
O continente Africano, rico no potencial cultural e turístico a muito que necessita para dar a luz aos pequenos projectos rumo ao desenvolvimento do continente. Actualmente, existem inúmeros problemas que o continente enfrenta como guerras que nunca param, doenças, casamentos prematuros entre outros problemas. Faço o presente projecto como forma de mostrar a minha ideia e disposição a ajudar o continente na luta contra alguns problemas que actualmente enfrenta principalmente focalizado para a minha província, Niassa em Moçambique. De salientar que o presente projecto não é para fins lucrativo e confirmo a autenticidade do mesmo.

Proíbido a copia desse material.Em caso de querer apoiar o projeto use os contactos no final.

Área de actuação do projecto: Cultura, saúde, Educação e empreendedorismo; Local de implementação: Província do Niassa;

Grupo alvo: Crianças e jovens (em algumas situações podendo abranger a sociedade em geral);

Principais actividades a serem realizadas: Podcast, blogs, palestras, vídeos educativos, teatro, dança, canto, arte plástica, gastronomia e eventos;

Resultado do projecto: Com a concretização do projecto, espero contribuir na mudança da sociedade no que diz respeito ao combate as principais problemas que as crianças e jovens enfrentam actualmente na minha província em especial. Outra que espero, e de que a cultura africana seja valorizada cada vês mais e que o empreendedorismo digital seja algo normal para a sociedade do grupo alvo do projecto. Outra minha expectativa, é de que o consumo de drogas por parte de jovens seja reduzido e que o foco do mesmo na contribuição do desenvolvimento do pais e na manutenção da paz seja relevado.

Objectivos do projecto:

Ø  Valorizar a cultura africana: através de diversas;

Ø  Combater o assédio sexual nas escolas;

Ø  Diminuir o impacto dos casamentos prematuros, gravidez precoce, desistência escolar: Através de actividades que visam a dotar a sociedade acerca dos perigos que os actos acima citados trazem para as crianças e a sociedade em geral;

Ø  Manter a criança a par dos seus direitos e deveres na escola, na sociedade e em casa: Através da realização de palestras em escolas e na comunidade em geral bem como a transmissão dos conteúdos através da internet para tornar as informações mais abrangentes.

Ø  Saúde reprodutiva: Dotar o jovem de conhecimentos acerca da saúde reprodutiva para que possa se prevenir de diversas doenças e riscos que enfrentam;

Ø  Combater o assédio sexual nas escolas: Através de denuncias, e sensibilização dos estudantes acerca dos desses actos, seus direitos e deveres como estudantes bem como onde recorrer em casos de ser afectado uma tentativa de assedio;

Ø  Combater consumo de álcool e outro tipo de drogas principalmente a camada infanto-juvenil que a muito tem se engrenado na área. Através de actividades de sensibilização sobre os riscos que essa substancia trás a saúde bem como a sociedades em geral;

Ø  Acolher o jovem: Actualmente, existem poucas associações de interesse social e educativa no meu país principalmente na minha província Niassa. Sendo assim, a criação dessas associações serão um grande ganho para a província visto que os jovens serão um lugar para se inteirar com os outros. De salientar que, actualmente possuo um pequeno grupo que tem feito actividades de teatro entre outras.

Ø  Valorizar acultura africana: Através de actividade que visam a mostrar o valor da minha província e do continente africano. As actividades serão divididas em diversas áreas como desfile de moda, fotos, dança, exposição de cultura entre outras actividades referenciando principalmente a nossa cultura que ultimamente tem entrado em declínio.

Ø  Ajudar pessoas carenciadas e desfavorecidas: Através de mini doações de alguns produtos e valores angariados em diversas actividades realizadas como shows, venda de produtos entre outros. Bem como a implementação de pequenos cursos gratuitos de empreendedorismo, inglês e algumas áreas de interesse social técnica. Essa actividade consistiria na capacitação de áreas de interesse económica principalmente na área técnica tornando o jovem habilidoso em diversas áreas e pronto para o empreendedorismo. Os cursos seriam validos para as pessoas desfavorecidas bem como a sociedade em geral.

Ø  Emprrendedorismo digital: Alertar o jovem sobre as diversas oportunidades de emprego existentes em diversas plataformas online.

 Estadodo Jovem na província do Niassa e no pais em geral

Podemos afirmar que, o jovem na província do Niassa  e no pais em geral esta ligeiramente desamparado com o desaparecimento de inúmeras associações juvenis. Os poucos que existem, muitos deles fazem por “dinheiro” negligenciando a principal causa que é a de amparar o jovem. Doutro lado, verificamos fraco empenho de algumas entidades no apoio de certas actividades que servem como refúgio do jovem adquirindo indirectamente diversos conhecimentos de diversa ordem.

Outro facto que me inquieta, é o fraco empenho dos órgãos de comunicação na difusão das actividades recreativas, empreendedorismo e culturais realizadas pelos jovens. Eu em especial, fui um dos fundadores do Programa Juvenil “super jovem” da rádio FOT, na época foi um dos programas que amparava o jovem e o mesmo sentia – se incluso na sociedade e adquiria conhecimento de diversa ordem.

Duma forma clara, o jovem precisa de muita atenção principalmente na era em que estamos onde é mais fácil se deparar com informações falsas e errados do que informações credíveis, fazendo com o jovem seja cada vês mais vulnerável.

Onde é que estão os programas de inclusão social infanto – juvenis que abrangiam toda a província e o continente em geral?

Onde é que estão os programas de saúde, saneamento social que passavam em quase todas rádios?

Onde é que estão os empresários e entidades que apoiam a cultura?

Onde é que estão as pessoas que defendem inúmeras situações de assedio em escolas fora das criadas pelo Estado?

São diversas perguntas que infelizmente acabam ficando sem respostas.

Hoje em dia, é mais fácil o jovem encontrar uma local de venda de drogas em relação a lugares de interesse social. Os projectos dos jovens deixaram de ter valor e a cada vês mais temos mais jovens desesperados para mostrar a sua bagagem ao mundo mais infelizmente as portas se fecharam todas.

Como resultado disso, verificamos hoje em dia, inúmeros jovens de ambos géneros se desviando cada vez mais, inclinando – se principalmente ao mundo do álcool, imprudência, dependência ao Governo para aquisição de emprego, falta de consideração aos mais velhos, a pátria e a cultura entre outros factos repudiantes.

A difusão eficaz das infirmações é muito importante para tornar o jovem mais activo mentalmente e dota – lo de inúmeras ferramentas importantes para a sua estadia na sociedade.

Actividades por mim propostas que podem mudar o actual cenário que se vive

Não é fácil mudar uma situação em pouco tempo mais com força de vontade tudo é possível. A realização de inúmeras actividades recreativas com dotes educativos com certeza contribuiria para a mudança da mentalidade das crianças e jovens em geral. Abaixo, cito algumas actividades relevantes para a mudança do actual cenário que a província do Niassa vive e o continente em geral.

1.      Difusão virtual de informações

2.      Realização de palestras;

3.      Criação de grupos sociais;

4.      Realização de eventos

 

1.      Difusão virtual de informações

Boa parte dos jovens que vivem em cidades e vilas na tem acesso a internet. Sendo assim, a difusão de informações e actividades recreativas usando a internet é uma alavanca indispensável para fazer com que a difusão de informações tenha mais impacto na sociedade.

Modalidades das difusões virtuais

Ø  Podcast;

Ø  Blogs;

Ø  Redes sociais;

Ø  Youtube;

Podcast

Podcast, é definida como sendo uma rádio virtual onde os usuários acompanham informações diversificadas usando a internet. A vantagem desse método é de permitir que o usuário baixe as informações/áudios que lhe interessem para escutar no seu dispositivo. 

O uso desse método é muito avantajo no meu ponto de vista, visto que, algumas  rádios perderam um determinado tipo de publico alvo que são os jovens amantes da internet. A transmissão de conteúdos em podcasts ocorreria em diversas plataformas nomeadamente blogs, o youtube e o spreaker. Outra vantagem que essa modalidade oferece é de ser realizada com poucos recursos e podendo ser feita em qualquer lugar da província.

Blogs

 Inúmeros jovens usam a internet para obter informações e ficheiros do seu interesse. A integração de conteúdos tem sido uma forma eficaz para manter o jovem conectado as plataforma digitais como o blog. Nesse método convem a criação de blogs contendo inúmeras publicações educativas com o intuito de manter o jovem a par das actualizações recentes relacionados a tecnologia, saúde, cultura e esclarecimento de duvidas relacionados a diversos assuntos, entre outros.

Youtube

As gravações feitas em podcasts transformads em videos para a difusão no youtube que a actualmente é a maior plataforma de streaming mundial ajudaria de uma forma significativa a alcançar mais usuários da província e do continente em geral. Para além de áudios, o youtube pode ser usado para transmitir sessões e programações ao vivo seja em forma de palestras, conversas com os jovens em outros, sem se esquecer das dicas de empreendedorismo e saúde.

 Redes sociais

Actualmente, as redes sociais tornaram – se parte da sociedade, acolhendo inúmeros jovens. Porem, essas ferramentas por vezes são usadas erradamente simplesmente sugando o tempo das pessoas. Doutro lado, é uma óptima opção para a difusão de informações para ter maior alcance.

2.      Realizarão de palestras

As palestras por mim propostas, devem ser de carácter educativo, como prevenção e tratamento de algumas doenças, empreendedorsimos entre outros assuntos de interesse social.

3.      Criação de grupos sociais englobando inúmeras áreas

Existe inúmeras associações de cultura na província do Niassa e no continente em geral que pouco se verifica a produtividade e o impacto dos mesmos na sociedade. 

A criação desses grupos, ajudariam muito aos jovens através das interacções e troca de experiencia que os mesmos teriam. Uma outra vantagem desse processo é a integração de diversas pessoas em toda província fazendo valer o lema de inclusão e unidade nacional o que é diferente com o que actualmente a gente verifica onde premiacoes, bem como membros de algumas associações de arte alegam ser de nível provincial enquanto que os membros são apenas pertence a uma certa cidade ou região.

4.      Realização de eventos

Boa parte dos fazedores de arte, precisam de um espaço para expor os seus trabalhos que podem ter acesso qualquer dia e em qualquer hora respeitando as normas estabelecidas pelo Governo. A realização de eventos culturais envolvendo músicos, teatristas, dançarinos, entre outros, ajudaria na valorização dos fazedores da arte bem como na motivação dos outros a seguirem o ramo.


Por que as entradas seriam gratuitas na primeira fase? Simples, o fazedor de arte na nossa província não esta muito preocupado em ter resultados monetários prévios e sim em fazer com que o seu produto seja conhecido por muita gente para depois passar a ter algo em troca.

A Arte e Cultura na província do Niassa

A arte e a cultura na província do Niassa podemos dizer que esta adormecida aliado a diversos factores como, algumas  rádios passam mais conteúdos estrangeiros em relação a locais, os fazedores de arte e cultura não possuem espaços para expor as suas actividades bem como para praticar as mesmas. Um outro facto que poucos notam é a divisão existente entre os fazedores culturais vivendo na capital provincial em relação aos que vivem em outros distritos. Ou seja, os dos distritos são pouco envolvidos  e referenciados em relação aos outros criando assim uma barreira entre a arte na capital e fora da nossa capital.

Precisamos de unir esses fazedores de arte em uma só força, todos lutando com uma única causa, tornar a nossa província dinâmica no desenvolvimento bem como na criação de uma sociedade mais plausível em diversas áreas e situações.

Como alavancar a arte e cultura na província

O alavancamento da arte e cultura na província depende principalmente no engajamento de nós próprios moradores da província no sentido de realizar diversas actividades que façam com que os nossos fazedores de arte sejam mais expostos.

Como a arte e cultura contribuem na sociedade

A arte como teatro, musica, dança, escultura e artes plásticas, ajudariam na sociedade através da difusão de mensagens nos seus trabalhos.

O que o Governo e a sociedade em geral ganha com o projecto

Em caso de o projecto ser levado avante por mim ou por uma outra pessoa, o Governo ganhara no sentido de que, terá uma vasta produção ajudando na difusão de informações de extrema importância que ajudam a nossa sociedade. Enquanto que o povo, o alvo principal do projecto, ganhara visto que os fazedores de diversas actividades serão mais valorizados, a sociedade recebera informações relevantes relacionados a saúde, empreendorismo digital entre outros duma forma mais simplificada e fácil de adquirir. Um outro ganho pára a sociedade infanto – juvenil, é de ter um lugar para expor suas ideias e diversão.

“NB: as actividades realizadas que sejam diversificadas e sempre trazendo uma mensagem atrás” por exemplo, na realização de um evento cultural de música pode se integrar o teatro educativo com tema relacionado a malária entre outros.

O Governo gasta milhões em campanhas de combate e prevenção a diversas doenças, difusão de informações importantes o que é de louvar. O projecto seria um contributo por minha parte ao Estado e a sociedade em geral. Para tal, necessitaria de um incentivo para o desenvolvimento e materialização do projecto bem o como alguns recursos principalmente espaços para a realização das actividades e alguns equipamentos. Visto que já tenho realizado diversas actividades recreativas e educativas como podcasts, publicações em blogs e outros meios virtuais entre outras actividades.

Conteúdos de extrema importância a serem divulgados

Para uma boa participação e credibilidade bem como aderência, os conteúdos transmitidos deveram ser credíveis e de interesse social, tais como, historia, saúde, estudo, agricultura, riquezas da província do Niassa e o continente africano, direitos do consumidor, leis e deveres do cidadão, mulher e criança, empreendedorismo digital entre outros.

Para além das actividades por mim referenciadas ao longo do projecto, existe um a necessidade de enquadrar outras áreas que são vitais para a materialização dum projecto social inclusivo duma forma mais eficaz tais como, desfile de moda, gravação de curta-metragem (pequenos filmes de 3 a 10 minutos com conteúdo educativos), fotos, entrevistas entre outras, noções básicas de empreendedorismo digital e electricidades bem como inglês, edição de fotos e vídeos, criação de blogs e sites entre outras áreas de interesse social.

A actividades realizadas em torno do projecto são de carácter gratuita, ou seja, os intervenientes não ganharam nada em troca pelo serviço prestado a não ser talvez, talvez a realização de eventos que será cobrada um pequeno valor futuramente para ajudar os próprios fazedores da arte.

Toda ajuda é bem-vinda, o projecto esta sendo executado, tenho gravado podcasts educativos, publicações educativas através de meus blogs como mozclone.com. porem, ainda falta muito a se fazer necessitando de inúmeros materiais.

OS MATERIAIS POR MIM SOLICITADOS NÃO PRECISAM SER SOFISTICADOS E MUITO MENOS SEREM OS CITADOS; PÓS ISSO PODE GERAR INÚMEROS GASTOS AO MEU FINANCIADOR.

Principais:

Microfone: para a gravação de áudio de Podcasts que podem também ser usados na gravação de vídeos

Manuais educativos: Para o uso como base de informações a serem transmitidos;

Câmara de filmagem e de fotos e se possível drones: para a gravação de seminários, documentários, curta-metragem etc.

Computador e telefone: Para a edição bem como a partilha dos conteúdos.

Justificação do material requisitado:

Microfone: actualmente para a gravação de podcasts, tenho usado o micro computador emprestado que não oferece boa qualidade para a gravação dos áudios.

Manuais educativos: Os manuais por mim requisitados, devem ser principalmente relacionados com assuntos jurídicos como leis e direitos do consumidor, cidadão e algumas doenças pouco referenciadas nas midias de comunicação. Esses manuais são dificilmente encontrados.

O material secundário, servira como ferramenta de aumentar o nível de alcance do projecto.

Câmara de filmagem e de fotos e se possível drones: as câmaras requisitadas serviram como base para a gravar dos vídeos educativos, palestras, eventos sociais, depoimentos, ou mesmo ajudar os próprios artistas locais a difundir mais os seus trabalhos. De salientar que também seriam usada para a filmagem de outras actividades como desfile de moda principalmente africana bem como fotos.

Espaço: não menos importante, o espaço requisitado seria para a realização dos eventos culturais visto que, o projecto engloba muita gente e para a materialização dos outros pontos citados seria possível o uso de m bom espaço.

Computador e telefone: Para a edição bem como a partilha dos conteúdos. Para alcançar mais gente, e ter credibilidade nos conteúdos partilhados seria necessário o uso de um dispositivo para a edição e partilha do material criado.

Os materiais necessários não se limitam apenas nos citados.

Caso de ser aprovado e apoiado o meu projecto, prometo honrar e cumpri com o propósito da criação. Prometo seguir todas as orientações do meu financiador.

A muito talento em África que precisa ser exposto, a muita historia em África que precisa de ser contada. Desde de histórias de banda desenhada, fotos, musicas, filmes entre outros. Se recorri a Corporação para pedir apoio é por que todos meus recursos se esgotaram. O projecto pode parecer irrelevante mais a uma luz por dentro do projecto. Muitos de nos não temos como difundir os nossos talentos por que muitas portas estão fechadas e acabamos recorrendo principalmente a criação de mini blogs com esperança de ganhar algum dinheiro com os anúncios para financiar os nossos projectos e de outros mais acabamos desistindo também pelo facto de os valores ganhos levarem anos para serem conseguido e pouco.

Conclusão

Há muito a se fazer na Africa, desde a valoricacao da cultura, financiamento e apoio a projectos juvenis entre outros.

Para a realização de uma determinada actividade nem sempre necessita de inúmeros recursos, por vezes é um simples incentivo e forca de vontade pela pessoas realizadora. Eu em especial possuo a força razão pela qual mesmo sem nenhum ganho tenho realizado diversos podcasts educativos e culturais transmitindo na minha plataforma de streamings, redes sociais e pelo youtube.
Nos precisa se adoptar métodos mais convincentes, abrangentes e intuitos para mudar o actual cenário que a província hoje se encontra. Levar o jovem a consumir informações vitais para a sua vida sem que ele perceba, valorizar a nossa cultura para que ela sobreviva por mais anos.

 Contacto

Bilay Luís Tomás, África - Moçambique, Niassa, Lichinga CEP: 3300.

Cel . (+258) 842008723/864851082

Correio electrónico: bilayluistomas20@gmail.com



Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade

Pesquisar neste blogue