Redução das taxas de transporte no Niassa

Nova tarifa de transporte de passageiros trás alegria ao povo do Niassa 

Há meses, fizemos uma pequena sonda no que se refere ao transporte de passageiros a nível da província do Niassa. Onde, verificamos que os preços eram consideravelmente absurdos em comparação com outras províncias. como por exemplo, Lichinga - Cuamba 700 mts, Lichinga - Mandimba 350 mt etc. Não distante disso, a Associação do Transportadores Rodoviários do Niassa, em comunicado, deixou a saber os novos preçários a serem seguidos rigorosamente pelos transportadores e passageiros. O não cumprimento dessa nova tabela de preços afixado é considerado como crime e deve ser denunciado de imediato a instancia competentes. 

confira abaixo a nota do comunicado.

Endereço Cidade de Lichinga, Urbano 1, AV. Filipe Samuel

Associação do Transportadores Rodoviários do Niassa

Lichinga

Na negociação, havida entre o Governo da Província do Niassa e Associação dos Transportadores Rodoviários do Niassa (ATRANS), esta submeteu ao Governo provincial, através da Direcção provincial dos Transportes e Comunicação de Niassa, uma proposta de tabela de tarifas para os transportadores de passageiros a serem aplicadas em todas as rotas da Província do Niassa, na qual ficou aprovada.

O cumprimento desta tarifa é de caracter obrigatório, merecendo a tolerância zero com medidas altas a consficalização da viatura aos infractores, elas estruturas competentes e ainda solicita - se o cumprimento por parte dos transportadores os 10 kgs de bagagem que o passageiro tem por direito.

 

 

 

No

 

 

Percurso

 

 

Distância

 (KM)

 

 

Preço (MT)

Direitos dos passageiros

(Peso da bagagem em KG)

1.       

Lichinga - Cuamba

300

500, 00

10 Kg

2.       

Lichinga - Mndimba

150

250, 00

10 Kg

3.       

Lichinga - Massangulo

90

150, 00

10 Kg

4.       

Lichinga - Unango

60

100, 00

10 Kg

5.       

Lichinga - Nzize

85

140, 00

10 Kg

6.       

Lichinga - Lumbiza

80

130, 00

10 Kg

7.       

Lichinga –Macaloge

110

180, 00

10 Kg

8.       

Lichinga – 2º Congresso

225

700, 00

10 Kg

9.       

Lichinga - Metangula

111

200, 00

10 Kg

10.   

Lichinga - Maniamba

80

150, 00

10 Kg

11.   

Lichinga - Meponda

60

150, 00

10 Kg

12.   

Lichinga – Cobue

210

450, 00

10 Kg

13.   

Lichinga – Marrupa

320

600, 00

10 Kg

14.   

Lichinga – Majune

135

230, 00

10 Kg

15.   

Lichinga – Maua via Cuamba

450

760, 00

10 Kg

16.   

Lichinga – Mavago

200

400, 00

10 Kg

17.   

Lichinga – Muembe

75

160, 00

10 Kg

18.   

Lichinga – Chiconono

100

220, 00

10 Kg

19.   

Lichinga – Namuanica

55

90, 00

10 Kg

20.   

Lichinga – Chivigo

30

50, 00

10 Kg

21.   

Lichinga – Cholue

45

70, 00

10 Kg

22.   

Lichinga – Chala

60

100, 00

10 Kg

23.   

Cuamba – Mandimba

150

250, 00

10 Kg

24.   

Cuamba – Mecanhelas

90

150, 00

10 Kg

25.   

Cuamba – Mecula

385

850, 00

10 Kg

26.   

Cuamba – Marrupa

250

600, 00

10 Kg

27.   

Cuamba - Nipepe

230

500, 00

10 Kg

28.   

Cuamba - Metarica

75

120, 00

10 Kg

29.   

Cuamba – Maua

150

250, 00

10 Kg

30.   

Cuamba – Etatara

57

90, 00

10 Kg

31.   

Cuamba – Lurio

25

40, 00

10 Kg

32.   

Marrupa – Mecula

150

300, 00

10 Kg

33.   

Lichinga – Chimbunila

25

40, 00

10 Kg

34.   

Lichinga – Maua Via comercial

319

700, 00

10 Kg

 Clica aqui para visualizar melhor ou baixar a tabela de tarifas 

Demostração:

1.70 MT x P x Km = Y

Onde: 1.70 = Tarifa

P = Passageiro

Km = distancia a percorrer

Y= Valor por cobrar 

Mais 10 Kgs de bagagem

N.B.

1. A presente tabela entra em vigor a partir do dia 2 de Marco de 2021 e a mesma deve ser fixada no vidro de cada transportador semi - colectivo e em todas as terminais existentes na província para o conhecimento do publico.

2. Não houve alteração do preço nas rotas em negrito devido as condições das vias de acesso.

Com essa nova taxa, a população da província do Niassa, agradece da melhor forma visto que com as taxas antigas, o deslocamento das populações era muito reclamada devido aos preços bem como as cobranças ilícitas das bagagens. 



Fonte: Governo da Província do Niassa e Associação dos Transportadores Rodoviários do Niassa


Postar um comentário

0 Comentários

Publicidade

Pesquisar neste blogue